Publicado por: Breno B | 6 junho, 2007

Enfim, Santiago.

Mais de doze horas de atraso, e depois de uma vista memorável da Cordilheira dos Andes, cá estou eu em Santiago. No caminho entre o aeroporto e o hotel já dá para perceber o quanto a cidade é organizada e ampla. Atravessei a cidade para me hospedar no Gran Hyatt, que fica no bairro “à lá Jardins” de Las Condes.

Check-in feito. Bora pro Mercado Central conhecer um pouco da culinária chilena e presentear meu estômago com algo melhor do que lanchinho de avião. Especializado em frutos do mar, o Mercado Central – bem menor do que estamos acostumados no Brasil – abriga o famoso restaurante Donde Augusto. A variedade de frutos do mar é imensa, mas o que chama atenção é o tamanho deles. O marisco parece um chilnelo havaianas!

 

Seguindo a preciosa dica do Luciano, pedimos um Chupe de Loco. Sir Anthony Bourdain que perdoe meu paladar na minha tentativa de descrever o prato, mas é algo assim como uma casquinha de siri mais light e saborosa, com pedacinhos de loco – um molusco que vive apenas com uma conha superior e embaixo fica grudado na pedra. Resumindo, delicioso! Mais um pouco de loco ao alho e óleo, vieiras, mariscos, lulas e, claro, mais cervejas.

Quando tudo parecia acabado, eis que surge um King Crab ou criatura parecida. O corpo do bicho simplesmente não cabia no prato de tão grande. Depois de alguns segundos minutos sendo destrinchado pelo nosso hábil garçon, a carne branca e adocicada foi o gran finale do almoço. Que me desculpe o tal do loco, mas rei é rei: deu King Crab com folga.

Ao chegar no hotel, tive que fazer um desvio da cama para digerir todos os novos sabores chilenos que carregava comigo. Fui pro shopping aqui do lado comprar um cabo de rede e um para descarregar as fotos da máquina que esqueci em casa.

Um merecido banho me aguarda. E depois, vinhos chilenos, óbvio.

Em tempo: (1) estou acessando a Internet sem fio sabe lá Deus de quem, porque o Hyatt cobra os olhos da cara pela conexão; (2) as coisas por aqui, excluindo os vinhos chilenos, não são baratas; (3) os táxis daqui são as mesmas carroças de Buenos Aires; (4) tá um frio de rachar e parece que vai piorar; (5) da janela do meu quarto eu vejo a Cordilheira dos Andes bem pertinho😉


Responses

  1. Pôxa Breno, de cara ao Chupe de Loco hein? Legal. Quando fui a grana tava curta e extravagâncias não eram muito permitidas. Só pedi o chupe pois foi indicação de uma amiga. Não experimentei o king crab. Mas já está anotado pra próxima.

    Esqueci de falar, pode fazer uma visita à Concha y Toro (http://www.conchaytoro.com/visit/f_tours.html)que fica aí ao lado de Santiago em Pirque. Só trazer os copos de volta pra casa que é complicado (trouxe os meus no colo). Abraço.

  2. Cara, que fotos bacanas! Faz tempo que não passo aqui.

  3. Jorge, eu penso lo mismo: fotos bacanas e penso mirar el blog mais a menudo, muitas veces.
    Beijos.

  4. King Crab ? ñ será Centolla ?

    • Alejandro,

      Provavelmente sim… mas no menu vem escrito king crab.

      Uma jogada de marketing talvez🙂

      Abraços


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: