Publicado por: Breno B | 17 julho, 2007

Gotemburgo

Estou convicto que, seja verão ou inverno, São Pedro dá expediente integral aqui na Escandinávia. Aqui são fabricadas as nuvens que são largamente exportadas para o mundo todo, inclusive formam as frentes frias argentinas. O sol da Suécia só não virou lenda porque resolveu dar as caras no segundo dia… de tarde para logo em seguida ser encoberto novamente pela labuta de São Pedro.

cidade_canal.jpg

Clima à parte, Gotemburgo é uma bela cidade a ser visitada ou, no mínimo, usada como escala para descansar a caminho de Oslo ou Estocolmo. A cidade é a segunda maior da Suécia, mas dá pra ser explorada tranquilamente em um dia. A tal consciência ecológica tão alardeada nos dias de hoje já foi difundida há muito tempo em Gotemburgo, que conta com modernas fábricas de reciclagem de lixo industrial enquanto a população faz seu trabalho separando todo o lixo doméstico. Tudo isso contribui para que a cidade seja limpa e organizada.

cidade_canal2.jpg

E por aqui não adianta acordar cedo mesmo. Tudo abre depois das 11:00h e, pasmem, alguns restaurantes trabalham das 11:00 às 13:00h! Sendo assim, aproveitamos nossa manhã para dar uma volta pelo Slottsskogenparken e conferir de perto o jogging matinal sueco numa temperatura de dar saudades do Ibirapuera. Esse é o maior parque da cidade, com direito a zoológico, mini golf e museu em meio a uma bela vegetação preservadíssima.

parque.jpg

Saímos do parque em direção ao centro. E se Copenhage tem o Tivoli, Gotemburgo tem o Liseberg. Como sou um pouco avesso à parque de diversões, tirei uma foto e pronto. Deixa pra próxima. Preferimos utilizar nosso tempo visitando museus e deixar um pouco de lado o feijão-com-arroz: entrar numa igreja e subir numa torre.

parquediver.jpg

O Kostmuséet foi o primeiro museu que visitamos nessa viagem. Lá em cima, no sexto andar, estão reunidas as obras dos mestres Picasso, Rembrandt, Rubens, Cézzane, Monet entre outros. Conta ainda com uma interessante exposição de fotografias no térreo e uma de arte moderna no prédio anexo. Me arrependo de não ter prestado mais atenção nas aulas de história da arte para entender mais sobre os movimentos às quais as obras pertenciam. Ainda que, pelo que pude ver e entender, certamente o museu vale uma visita.

museu01.jpg

Com o mesmo ingresso do Kostmuséet, comprados por 40 coroas suecas e válido até o final do ano, entramos no Stadsmuséet. Diferente do primeiro, esse museu conta a história da cidade de Gotemburgo desde a pré-história até os dias de hoje, dedicando uma boa parte ao holocausto. Lá também estão os restos do único barco viking sueco encontrado em meio à lama.

museu02.jpg

Descemos em direção ao porto para conferir o Maritiman, um conjunto de 15 barcos antigos recuperados e abertos ã visitação. Confesso minha hesitação em visitar o museu flutuante pois à primeira vista parecia algo um tanto quanto tosco. Mas a visita ao navio de guerra e ao submarino valeu as 75 coroas suecas de entrada. Dá pra imaginar a vida nada fácil dos tripulantes em tempos de guerra, convivendo com o temor de um ataque em espaços humanamente inviáveis.

maritiman.jpg

Na volta para o albergue, uma passada nas ruas do centro e suas casas antigas habitadas hoje por lojas modernas. De noite um pub para misturar um pouco de chopp tcheco e sueco, enquanto que minha mullher descobria novos sabores da tal Rekorderlig. A Suécia tem um sistema de vendas de bebidas alcoólicas um tanto quanto curioso. Nos supermercados e lojas de conveniência, as bebidas alcoólicas podem ter no máximo 3,5% de álcool. Acima desse percentual só em lojas controladas pelo governo ou em doses num pub.

cerva.jpg

Enquanto escrevo esse post, nosso trem para Oslo está parado por uma pane no fornecimento de energia. Começo a achar que o único que trabalha de verdade por aqui e nunca falha é São Pedro. É só olhar o céu para conferir.

PS: vendo dois ingressos para os museus válidos até o final do ano. Tá amassadinho mas acho que funciona🙂


Responses

  1. […] Bruxelas: un jour02. Bruges – Damme – Gent03. Copenhague04. Gotemburgo05. Oslo06. Oslo – Myrdal – Flam – Gudvagen – Voss – Bergen07. Bergen08. Estocolmo & Uppsala09. […]

  2. Perfeita descrição!Deu até vontade de dar um pulinho lá =)

  3. […] Europa 2007: Bruxelas – Copenhague – Gotemburgo – Oslo – Bergen – Estocolmo – Vilnius – Tallin – […]

  4. Estive em Julho e Agosto visitando minha filha e meu genro que moram lá e confirmo. As nuvens são fabricadas lá. Chove diariamente. Mesmo assim, vale a pena.É uma linda cidade.
    Em relação ao lixo, pude ver no dia-a-dia dos dois, a dedicação na separação de lixo.Graças a isto, a cidade é uma das mais limpas que já vi.

  5. Se Deus quiser to ai em 2011..
    Tomara que passa rapido

  6. Olá vamos chegar dois dias antes de nosso curso por isso gostaríamso de saber se existe algum passeio de trem para alguma cidade próxima que valha a pena.
    E vc recomendaría algum alberg bom e barato próximo a tudo??

    • Carla,

      Eu fui de Gotemburgo direto para Oslo e por isso não conheci nenhuma cidade próxima. Mas deve ter alguma coisa legal nos arredores sim. Procure se informar com os locais que eles sempre dão boas dicas.

      Recomendo o albergue que me hospedei. Está no post.

      Abraços

  7. Olá, somos um grupo de 14 baianos que visitaremos Gotemburgo e Estocolmo no início de setembroq2014. Estaremos em um cruzeiro por isso teremos apenas 1 dia em cada cidade. Gostaríamos de contatar com guia que fale português para nos acompanhar em visita a estas cidades. Estamos com urgência no orçamento. O melhor e-mail para resposta é: radan@radanimoveis.com.br
    grata


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: